quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Pesadelei legal.

Deitei debaixo das cobertas para tentar estudar para a minha prova fodedora de amanhã e começo a sonhar um monte de coisa desagradável. Ontem eu já tinha sonhado com a falecida #2, hoje sonhei com ela de novo. Sonhei que ela estava se casando. Acordei transtornada, porque o noivo dela é gay na vida real, e gay por gay... enfim, 'xa pra lá. Sonhei que estávamos na praia, e a casa de praia era a casa antiga onde eu morava, e estávamos nós 3 sentados num murinho que tinha no jardim, daí o novio dela foi buscar num sei o quê na cozinha e ela perguntou o que eu achava disso, no que eu respondí "Por mais enciumada e transtornada que eu fique com essa história, sempre soube que era dele que você gostava. Se isso te faz feliz, vai em frente. I just want to see you happy. Mas era pra ser eu no lugar dele". Ela fez cara de paisagem e foi se vestir para o matrimônio. Um vestido branco lindo, aliás. E o noivo estava de terno e bermuda, achei engraçado. Depois que eles casaram (meu sonho cortou a parte chata) sonhei que tacavam o bolo inteiro na cara da noivo e depois tacavam ele na piscina ao sim de trombetas marrons. Lembro que eu estava causando um mal estar geral em meio à família dela pois, afinal, eu fazia parte de um pedaço do passado dela que ninguém queria lembrar: que ela já se deitou com uma mulher. Lembro de no sonho abrir o orkut e ter um scrap revoltoso da Fernanda que dizia "esse povo namora 1 mês e já tá casando, se eu pego esses dois eu transformo em ração de gato".
Então eu acordei.

Nenhum comentário: