segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Guest post by Denis (o namorado)

Então,
Dai que eu fui buscar a namorada no serviço esse sábado. Ela desceu do prédio de onde trabalha com a mesma cara de todo sábado, que significa: "TENHO FOME".
Saimos de lá e fomos para um mercado que tem ali perto porque ela me disse que ia comprar algo pra comer. Até ai tudo bem. Perguntei o que ela ia comprar... resposta padrão: "Não sei'. Acabou pegando um coiso de mortadela e dois pães. OKEY.
Eu na super inocência achando que ela esperaria chegar na minha casa para comer, NÃÃÃOOO, pra quê, né?
Vamos comer no trem mesmo.
Imaginem comigo, ela sacou o pão do saquinho, abriu com a mão como se tivesse descascando uma mexirica, tamanha a prática da cidadã. Depois do assassinato do pobre do pão francês, ela abriu o pacote de mortadela e enfiou a mão até o pulso dentro pra pegar as fatias.Enfiou tudo o que pode no pão e comeu espalhando migalhas por metade do vagão, sem contar a minha mochila e a dela... se bobear tinha migalha até no cabelo.
Enquanto toda a cena rolava um senhor observava tudo e balançava a cabeça como sinal de reprovação.
Se está incomodado, pega um taxi, certo ?

O importante é que ela chegou em casa alimentada (e suja de pão com mortadela até a alma) e feliz.

Por essas coisas que eu a amo. =)

Boa semana proceis.

Denis

PS: Mais ou menos igual o Mr. Bean nesse vídeo:


__________

Mariana diz: Véio maldito. Aposto que saiu do trem e foi direto pra padaria comprar um X-pobreza. E digo mais, não gostou compre um helicoptéro.

2 comentários:

Jéssica disse...

Passei minha adolescência abrindo pão de sal com a mão pra colocar mortadela... e coletivamente!

Nu disse...

que lindo :D