quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Minha vida está um inferno (ou PRAGUEJOS SOBRE MEU TRABALHO E COMO UMA PIRANHA CONSEGUE TRANSFORMAR MINHA VIDA EM INFERNO EM MENOS DE 15 DIAS)

Eu ia escrever um texto aqui explicando o motivo de eu entrar em pânico toda vez que penso em ir pro trabalho mas achei esse e-mail que mandei pra Fernananda bem mais explicativo.

Assunto: TELEMARKETING, OI.
Então.
Deixa eu te contar pra você sentir ódio por mim e dar graças à Deus que você saiu desse lugar.
Daí que hoje, depois de eu ter ferrado minhas mãos com Veja por ter que limpar POS encardido (10 deles) e ainda passar a tarde toda dando carga nessas budegas pra maioria apresentar defeito, aí me aparece esse aprendiz de demônio ártico chamado PINGUIM e me fala "ai, vem aqui que eu quero te mostrar uma coisa" (leia com voz tremida de pinguim). Aí eu botei a minha melhor POKER FEICE e fui ver o que essa enviada de Lúcifer queria.
Esse satanás de rabo de cavalo me fez até apresentação em power point com um monte de merda escrita e disse que, resumindo: AÊ CENTRAL, SUAS OTÁRIAS OCIOSAS, VOU ACABAR COM A MAMATA E VOCÊS AGORA VÃO FAZER TELEMARKETING ATIVO HAHAHA SE FUDERAM SUAS TROXA.
Juro que ouvi ela dizer isso.
aí ela veio com mimimimi cada uma terá que ligar pra 155 prestadores oferecendo a alma e a bunda, mimimi mimimi quem vender mais depois ganhará 200 reais e mais um prêmio surpresa. Olha, se tem uma coisa que a vida me ensinou é que TODA SURPRESA É NEGATIVA. E eu já tô esperando alguma coisa bem idiota e bem sem graça. Tipo sei lá. Uma cesta de café da manhã daquelas bem vagabundas.
Só te digo: vou ligar sim. Segue meu diálogo com a galere:
Mariana: Oi, quer faturamento?
Prestador: Não.
Mariana: Ótimo.
Fim.
Esse capeta de saias veio falar que a empresa crescendo, os funcionários também tiram vantagem AÍ eu te digo: tô vendo o trabalho crescer mas o salário ó... eles não ligam pra gente, Michael. Vem com papinho de que querem desenvolver nosso potencial quando na verdade querem somente desenvolver um belo de um pau na nossa bunda e uma úlcera nervosa no nosso estômago.
Enquanto isso essa perua maldita vai viajar e encher esse cu rosado com vinho do porto e sei lá mais o quê.
200 reais, 200 reais. 200 reais eu pago pra ela enfiar uma garrafa pet de coca-cola de 3 litros naquela bunda anormalmente gigante dela.
Enfim, só queria te contar pra você se sentir sortuda porque olha, se tem uma coisa que não tá é fácil de conviver com essa uma aqui.
Boa sorte no trabalho novo, xuxu!


Um beijo, te amo.


Mariana, a revoltada.

__________

Então. Fernananda saiu do emprego na sexta-feira e na segunda-feira a vaca da filha do dono da empresa - que agora está se entitulando GERENTE GERAL DE NEGÓCIOS resolveu que né, vamos fazer essas filhas da puta da central ficar fazendo papel de Telemarketing Ativo e inventou uma ladainha tão babaca que eu vou ter que compartilhar aqui com minha meia dúzia de leitores. Ela "lançou um desafio" (ai gente) pra galere da central falando que quem conseguir ligar pros prestadores e fechar de 10 contratos pra mais vai ganhar 200 reais a mais no salário no fim de janeiro e mais um "prêmio surpresa". Montou até apresentação no Power Point pra mostrar essa palhaçada. Disse que ela já viu que a gente tem muito tempo ocioso e mimimi mimimi mimimi pau na bundinha branquinha dela. Traduzindo tudo o que ela disse com palavras bonitas: vão tentar me obrigar a fazer serviço de Telemarketing ativo, e se tem uma coisa que me desespera mais que a possibilidade de um "zombie outbreak" é esse telemarketing. Eu já chorei de raiva, de pânico, de rancor, de tristeza, de um tudo. Eu evitei até hoje trabalhar com telemarketing porque eu tenho PÂNICO disso. sinceramente, eu acho que se tem uma profissão que foi o capeta que inventou pra torturar as almas, esse trabalho foi o telemarketing. O telemarketing ativo então VIXE, só quem pecou muito em vidas passadas deve ter um emprego desse, tamanho o sofrimento.
Passei 21 anos livre de Atento, Contax e similares. Aí me aparece uma filhinha de papai querendo enfiar essa merda na minha vida sem nem pedir minha permissão.
Aí eu te digo o que essa piranha faz. Essa piranha é a filha do chefe. O horário dela é das 10h às 17h. Ela aparece lá às 12h, vai almoçar com pessoas diferentes todos os dias às 13h, volta às 14:30 e quando dá no máximo 15:30 essa vaca já está LONGE. E tudo o que ela sabe fazer alí é marcar almoço com a galere dela. Nunca vi pessoa que gosta de almoçar mais que ela. Nem eu, nem Fernananda, nem ninguém da corja gosta tanto de almoçar quanto essa mulher. E ela fica o dia inteiro inventando de salvar coisa em PDF. Se ela escrever "oi um beijo" no msn ela vai querer salvar em PDF. Ela fez um inferno na vida do meu gerente pra ela instalar sei-lá-o-quê que salve em PDF no computador dela.
Enfia o PDF na bunda.
E ela enrola tanto na meia hora que ela trabalha que tudo o que eu vejo ela fazer é ligar pra marcar almoço, ligar pro marido dela, ligar pras amigas, ligar pra agencia de viagem, ligar pra hotel. Só isso.
Aí que ela começou a trabalhar lá na empresa semana passada e adivinha só quem está indo de férias pra Europa amanhã?
Eu que não sou, óbvio, porque com o que eles me pagam já é muito eu conseguir viajar de busão pra Praia Grande. Mal e mal dá pra ir pra Jundiaí, que é o mais longe que eu consigo ir com R$2,50, pegando aqueles trens velhos e fodidos da CPTM que tem até rato dentro. Pra você sentir o nível da minha vida.
E por causa dessa idiota eu agora até ando sonhando com o trabalho. Ando tendo calafrios. Ando tendo azias. Desesperos. Fogodoremortenãosoltebalões.

Sei de uma coisa, ela quer que eu fique fazendo telemarketing, né? Espera só pra ver o serviço de CU que vou fazer. Se não gostar, me demite. demite mesmo, sem medo de ser feliz. Pelo menos 3 meses de auxílio desemprego eu pego. E digo além, vai ficar só ela e o papai dela lá, e eu vou rir quando isso acontecer. Vou rir igual Paola Bracho.

2 comentários:

LubaLuba disse...

Minhas condolências. Juro que pelo seu post pude me colocar no seu lugar e me sentir um lixo.
Isso me lembra que dia desses liguei pra nextel e pra tim pra ver se eu arranjava emprego e eles só tinham telemarketing. Mandei um 'nem fudendo, obrigada e boa tarde'.

Cookie monster disse...

on nom nom nom, concordo com o ce!