quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Hoje aquela broaca da minha "chefe" (que eu chamarei aqui pela alcunha de Broaca) ligou para o escritório. Assim que eu ouví a voz dela subiu aquele arrepio pela espinha, fui tomada por uma tristeza incontrolável que me fez derramar 3 lagriminhas de desespero e quase falei em tom choroso: MORRE, DEABO!
Ela desligou o telefone e eu surtei. xinguei xinguei xinguei, mais de meia hora reclamando igual uma véia doida.
Gente, sério, segunda-feira já vou acordar em prantos. Vou me arrastar praquele ambiente desagradável e torcer para que tenha caído um cofre na cabeça dela enquanto ela estivesse passando pela sacada de algum prédio.

Nenhum comentário: