sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Pesadelo.

Essa noite sonhei que eu chegava em casa e minha mãe me dava a notícia de que meu irmão morreu em um acidente de moto. No sonho, eu perguntei como foi e meio que ví a cena toda e ainda pude ouvir os pensamentos do meu irmão.
O acidente foi assim: ele estava voltando não sei da onde, acho que alguma viagem para Caraguá, e como era de noite ele pegou a avenida são Miguel e desembestou a correr. Então um carro cheio de playboy saiu correndo de uma rua qualquer e pegou bem na roda de trás da moto do meu irmão, fazendo com que ele caísse e quebrasse o pescoço.
Pior que eu ouvi ele falando "a gente anda com maior cuidado pra depois vir um filhinho de papai mimado e caindo de bêbado estragar tudo".
A noite inteira sonhei com essa morte.

Aí acordei, fui ao banheiro e ví a luz da sala acesa. Olhei pela frestinha e vi a moça que trabalha aqui encantada com a TV a cabo. Inclusive, ela, evangélica até o último fio de cabelo, estava muito decepcionada porque os canais pornês não pegam aqui. Mas ela olhou a programação de todos.

=B

Gosto nem de pensar no que ela faz quando não tem mais ninguém em casa. Se eu, que trabalho em escritório, já fico jogando Pokémon o dia todo e ainda aproveito pra assistir seriado, imprimir livro e às vezes tirar aquele cochilinho, imagina ela, que tem uma casa inteira só pra ela?

2 comentários:

Ella? disse...

Eu ligaria pro seu irmão se o conhecesse. Fiquei preocupada.


Beijo Amigã

LubaLuba disse...

Nunca acreditei nesses evangélicos. É tudo fachada benhê.
Credo, eu vi o acidente. Odeio quando meus poderes imaginativos (?) estão aflorados.