quarta-feira, 13 de abril de 2011

No leito do hospital, com sondas pelo corpo, uma enorme cicatriz na região do fígado e a família em volta, o senhor de 80 com a voz embargada pela doença e pelos remédios pergunta:
-E meus amigos, cadê?
Nenhum deles estava por perto. Em quase um mês de internação, passado quase totalmente na UTI, nenhum dos velhos amigos sequer ligou atrás de notícias.
Me pus no lugar dele. Me peguei pensando caso eu estivesse no lugar dele, se eu teria algum amigo me visitando. Uns três nomes mais ou menos me vêm à mente. Três. De toda essa gente que eu conheço, só três. Isso SE, né.
__________

Hunf.

Um comentário:

LubaLuba disse...

Sei bem como é UTI... tenso. Bom, ao invez de pensar 'ele ta morrendo' q você não pensa: ele esta recebendo todos os cuidados que poderia receber e só me resta dar amor e carinho. Ah e visitar sempre né.